Conecte-se conosco

Nacional

Pará teve mais de 21 mil demissões em 2017

Publicado

Em

Uma pesquisa realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) mostrou que, ao longo de 2017, foram feitas 21.908 demissões no Pará. O número de contratações foi de 15.086, gerando um saldo negativo de 6.822 postos de trabalhos no setor formal da economia.

Antes visto como um momento de grandes oportunidades, o mês de dezembro do ano passado não foi tão positivo. Todos os setores econômicos do Estado apresentaram quedas na geração de empregos formais, com destaque para a Construção Civil, com perda de 2.926 postos de trabalhos, seguido pelo setor da Indústria de Transformação (-1.277); Serviço (1.091 novos desempregados); Agropecuária, com menos 836 postos de trabalhos e Comércio, com 492 demitidos.

Com os índices, o Pará liderou o ranking de desligamentos na região Norte, com mais de 300% a mais de demissões em relação ao Amazonas, com 2.002 demissões e o Tocantins,  com a perda de 1.555 postos de trabalhos.

No total, no Brasil, ao longo de 2017, foram realizadas 14.635.899 contratações e 14.656.731 demissões, perfazendo um saldo negativo de 20.832 cargos. Apenas em dezembro, 328.539 postos de trabalho formal foram fechados – queda de 0,85% em relação ao mesmo período do ano anterior.

(Com informações do Dieese e Agência Brasil)

Advertisement

Notícias mais lidas

Todos os direitos reservados © 2017 Grupo Pebinha Tudo de Bom Agência de Comunicação & Publicidade CNPJ: 29.001.067/0001-22.