Conecte-se conosco

mineração

Brasil leiloará direitos minerários para cerca de 1.000 áreas este ano

Publicado

Em

O Brasil planeja colocar cerca de 1.000 áreas de mineração em leilão neste ano, incluindo áreas contendo ouro, cobre e minério de ferro, disse à Reuters na segunda-feira um diretor da Agência Nacional de Mineração (ANM) do país.
Inicialmente, a ANM planejava começar a leiloar as áreas no primeiro semestre de 2019, mas o diretor Eduardo Leão disse em uma entrevista que, apesar dos atrasos, o primeiro leilão ainda aconteceria este ano.
O Brasil tem uma reserva de mais de 20.000 áreas onde os direitos de mineração expiraram ou foram perdidos pelos detentores anteriores, o equivalente a cerca de 10% das áreas com licenças de mineração pendentes.
“Imagino que em setembro vamos colocar algumas áreas em leilão”, disse Leão.

“Vamos fazer 1.000 (áreas) por 1.000. Colocar 1.000 e ver como está indo, então coloque mais 1.000. ”
O leilão incluirá áreas onde a produção mineral pode começar imediatamente, aquelas que ainda estão em fase de pesquisa e exploração e aquelas destinadas a pequenos garimpeiros, disse ele.
Os investidores podem ser mais cautelosos depois que um desastre na mineração em uma instalação da Vale SA na cidade brasileira de Brumadinho matou mais de 240 pessoas em janeiro, disse Leão. Mas ele espera que os leilões atraiam muito interesse de empresas nacionais e estrangeiras, incluindo garimpeiros canadenses.
O leilão deste ano de blocos de mineração deve trazer entre 20 e 30 milhões de reais (US $ 5,25 a US $ 7,88 milhões) em receita para o governo, disse ele.

Advertisement

Notícias mais lidas

Todos os direitos reservados © 2017 Grupo Pebinha Tudo de Bom Agência de Comunicação & Publicidade CNPJ: 29.001.067/0001-22.