Conecte-se conosco

Curionópolis

Governo sugere que transportadores de minérios paguem pedágio em Curionópolis

Publicado

Em

A Prefeitura Municipal de Curionópolis tenta aprovar junto aos parlamentares do município um projeto de lei que visa cobrar taxas de pedágios dos transportes rodoviários de minérios na região. Para escoar a produção, os transportadores utilizam sete estradas da zonal rural e o alto fluxo de caminhões pesados deixam vários prejuízos ao município.

O projeto de lei apresentado pelo prefeito Adonei Aguiar ao poder legislativo, é uma forma também de coibir a extração ilegal de minério, o que vem ocorrendo na região com a operação de garimpos clandestinos em Curionópolis.

Por causa, da exploração ilegal de minério na região a prefeitura soma prejuízos, já que a prática não arrecada nenhum tipo de recursos ao município. Além dos prejuízos financeiros que esse tipo de crime ocasiona, há ainda os prejuízos estruturais deixados ao longo das estradas que são utilizadas pela comunidade rural, o que dificulta o trânsito principalmente de veículos pequenos. Sem receber nenhum tipo de arrecadação, o município tem que arcar com o prejuízo sozinho.

O objetivo da cobrança da taxa de pedágio é uma maneira de arrecadar recursos para arcar com os prejuízos e realizar a manutenção regularmente das estradas, o que amenizará os prejuízos causados ao produtor rural que sente dificuldades para escoar a produção devido a precariedade das estradas.
De acordo com a prefeitura, o município não possui recursos suficiente para realizar uma manutenção regular das vias que são frequentemente prejudicadas por carretas abarrotadas de minérios. Esse grande fluxo destrói o trabalho realizado pela prefeitura e nem o mineradores e nem os transportadores não pagam nada por isso.

Do ponto de vista da gestão pública, os recursos utilizados na manutenção das estradas danificadas pelo transporte irregular de minério, é dinheiro público que pode ser destinado para outras áreas do município. Para o município é importante que haja a contribuição de quem retira lucros da região e colabore com o desenvolvimento e bem estar da região, e assim como a população, arque com o pagamentos devido de impostos, nesse caso com a taxa de pedágio.

Advertisement

Notícias mais lidas

Todos os direitos reservados © 2017 Grupo Pebinha Tudo de Bom Agência de Comunicação & Publicidade CNPJ: 29.001.067/0001-22.