Conecte-se conosco

Parauapebas

Moradores do Tropical e Ipiranga denunciam abandono do poder público com os bairros de Parauapebas

Publicado

Em

Esgoto á céu aberto

O abandono por parte do poder público com os bairros Tropical e Ipiranga é visível devido às péssimas condições das ruas dos locais.

Infraestrutura de qualidade é o que falta nos bairros Tropical e Ipiranga, bem como outros bairros de Parauapebas, que têm sofrido com a falta de investimentos do poder público. Os moradores denunciam a precariedade das ruas que estão cheia de buracos e com esgoto a céu aberto. Quem trafega pelo local dificilmente não se depara com as péssimas condições de trafegabilidade, até o transporte público encontra dificuldades para chegar ao bairro.

Centro de Abastecimento de esgoto do complexo Tropical

O Centro de Abastecimento de esgoto do complexo Tropical e Ipiranga que deveria estar funcionando também está abandonado.

“A situação aqui está precária, a mobilidade dos condutores e pedestres está difícil. Como podem ver, tudo que a gente almeja são mais investimentos para o bairro, que o poder público possa resolver as mazelas do nosso bairro e que cumpra o que prometeu durante a sua campanha eleitoral.” Destacou Flávio Carneiro – morador do bairro Tropical.

O operador de equipamentos pesados, Flávio Carneiro denuncia ainda o perigo que representa o esgoto que toma conta das ruas, oferecendo risco à saúde dos moradores.

O mesmo morador já citado acima  fala sobre  ao centro de abastecimento alega que a obra do esgoto está parada desde a gestão do ex prefeito Valmir Mariano, o que o morador não entende é porque que existe uma empresa responsável pelo o Centro de Abastecimento. Segundo ele, hoje a CTC Construtora  quem administra os serviços .

Empresa responsável pelo o Centro de Abastecimento CTC Construtora

“O esgoto a céu aberto é um risco a nossa saúde, principalmente nesta época do ano com o risco de proliferação do mosquito da dengue.” Reforçou o morador Flávio Carneiro.

A sensação dos moradores é de abandono o que tem gerado desconforto e descontentamento para quem reside no local. Conforme destaca a cabeleireira Nalva Linhares.

Equipamentos abandonados

“É esgoto, é muita lama, a gente precisa passar por dentro dos quintais dos outros, por dentro do mato para se desviar dos buracos e da sujeira. Morar no bairro tropical está bem difícil, estamos largados, simplesmente fomos abandonados pelo poder público.” Nalva Linhares – moradora do bairro Ipiranga.

Advertisement

Notícias mais lidas

Todos os direitos reservados © 2017 Grupo Pebinha Tudo de Bom Agência de Comunicação & Publicidade CNPJ: 29.001.067/0001-22.