Conecte-se conosco

Canaã dos Carajás

Prefeitura de Canaã dos Carajás se pronuncia após morte de morador por Leshemaniose

Publicado

Em

Após divulgações em redes sociais e sites de notícias onde uma moradora de Canaã dos Carajás, Sudeste do Pará, relatou sobre a morte de uma homem que teria sido diagnosticado com Leshemaniose, a Prefeitura de Canaã dos Carajás através da Secretaria Municipal de Saúde divulgou uma nota de esclarecimento sobre o ocorrido.

A secretaria de saúde vem por meio deste, informar sobre algumas notas que saíram em redes sociais a respeito de um possível óbito por leishmaniose visceral ocorrido em Canaã dos Carajás.

Trata-se de um óbito de um paciente chamado José da Silva Gomes que faleceu dia 26 de abril as 01:12 h. Na declaração de óbito, a causa atestada foi de parada cardiorrespiratória e pneumonia.

Este mesmo paciente, no início do ano entre os meses de janeiro e fevereiro realmente foi notificado, internado por suspeita de leishmaniose visceral. A partir deste momento, o hospital Municipal juntamente com departamento de vigilância em saude tomou todas as providências possíveis para restaurar o bem estar do paciente, todas as ações realizadas dentro do protocolo.
1. Notificado o caso
2. Coletado material para análise no Lacen
3. Diagnóstico positivo para leish visceral
4. Implementação do tratamento com a medicação específica.

Este paciente, por ser portador de comodidades cardíaca e renal, a medicação utilizada não foi o glucsntime que é usado comumente na maioria dos casos. Foi utilizada anfotericina b de acordo com indicação do protocolo do MS 2017.

Foi tratado normalmente e recebeu alta ainda no mês de fevereiro.

Concluindo, as informações relatadas nas mídias sociais não condiz com o que realmente aconteceu.

Ainda sobre o trabalho da secretaria de saúde com relação a leishmaniose visceral canina, estamos realizando na medida do possivel:
1. Testagem rápida de triagem de animais suspeitos
2. Eutanásia doa animais com confirmação laboratorial para calazar
3. Capacitação dos agentes de endemias e agentes de saúde a respeito da leishmaniose
4. Treinamento específico para aplicação de produto químico para combater o vetor da doença, mosquito palha ou flebotomo.
Este treinamento é para uma equipe de agentes de endemias exclusiva para a atividade de borrifação intradomiciliar. A capacitação teórica ocorreu de quarta a sexta feira da última semana. E o treinamento prático acontecerá nesta segunda e terça feira ( feriado). Para que ainda na primeira semana de maio a equipe esteja trabalhando em campo no combate ao mosquito flebotomo.

Dúvidas relacionadas ao conteúdo acima por favor dirigir-se até a secretaria de saúde, coordenação de vigilância em saúde.

Advertisement

Notícias mais lidas

Todos os direitos reservados © 2017 Grupo Pebinha Tudo de Bom Agência de Comunicação & Publicidade CNPJ: 29.001.067/0001-22.